terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Dá-me o teu chupa ou então dou-te um tiro...

No domingo à noite, aparentemente, um jovem de 16 anos baleou um de 19 anos em Rio de Mouro, por causa de um boné que o último roubou ao primeiro. O caso também mete uma namorada que foi "roubada", gangs e outro miúdo que foi morto acidentalmente.

Primeiro pensamento que vem à cabeça: Epá! Enquanto for entre eles tudo bem!

O pior é que estes movimentos, os gangs, para se modernizarem têm que roubar, matar e desrespeitar o próximo, que normalmente é o Zé Povinho...

Pode-se pensar que a culpa é da não fiscalização de armas. Também, mas não só, pois existe o tráfico das mesmas! Penso que a solução teria que incidir na Educação para as famílias e comunidade, como também, na reabilitação dos ditos "bairros de lata".

Não é por dar casa nova às pessoas que elas mudam os hábitos! Deveria existir uma distribuição das famílias/comunidade por diversas zonas, com programas de cidadania e outros...

Os miúdos deveriam ter uma especial atenção. Não deveriam passar tanto tempo na rua sozinhos. Cada autarquia deveria desenvolver parcerias com as escolas, clubes, associações, outros... para haver tempos livres para estes miúdos. Para que estes não andassem a roubar, ferir ou matar o próximo.

Quando leio, o que o pai da vitima disse em relação ao seu filho e seu grupo, "Vando (o filho) procurava apenas divertir-se, nunca envolver-se em rixas violentas. Ele só queria estar com os amigos, distrair-se um bocado, embora nós saibamos como são os grupos de jovens."

Bolas, uma coisa era eu partir um vidro com uma fisga, partir uma antena de um carro, mandar calhaus e balões de água aos camiões, andar, enfim, "à porrada" de uma forma leal, quando era pequeno. Agora com armas!?! Isto só revela o quanto os pais não conhecem os seus filhos.

Sou a favor da condenação dos menores! Com uma avaliação pormenorizada! Não me lixem com afirmações do tipo "Ah e tal, eles não têm consciência daquilo que fazem! O tanas! Se um menor matasse um filho teu, como ficavas?? Deixem isto continuar assim que qualquer dia começam aos 6 e por motivos bem menores, tal como se dizia no título deste manuscrito!

6 comentários:

Dina disse...

bem visto!

Safado disse...

eu dou-te o meu chupa

Anônimo disse...

Para mim alem de todos estes factores a culpa é dos filmes americanos. Estes putos novos ficam deslumbrados com os carros,as "gajas" e o dinherio facil que os dealers e pequenos criminosos de gangs(quase sempre constituidos por pretos ou hispanicos)retratados tantas vezes de forma heroica no cinema tem. Estes adolescentes querem ter este tipo de vida facil onde o american dream versão criminosa é vangloriado, mas esquecem-se que no final os gajos quase sempre morrem baleados em tenra idade. Browny

Eduardo disse...

Achei deliciosa a teoria segundo a qual o mal da sociedade está nos filmes americanos. Reduzir a violência aos filmes é a típica desculpa...agora são os desgraçados dos EUA que têm a culpa dos putos se andarem por aí a matar. Pessoalmente não gosto dos americanos, no entanto não ando por aí a culpa-los de tudo o que acontece por esse mundo fora. Não podemos esconder que os filmes exercem alguma influência sob a mente das crianças, no entanto a solução do problema é acabarem com os filmes americanos. É necessário fazer muito mais. Todas as sociedades enfrentam graves problemas no que concerne aos conflitos entre diferentes "tribos urbanas". A solução passa por uma sociedade em que todos tenham efectivamente os mesmos direitos, sabemos no entanto que isso é uma utópico. Para haver os que vivem bem têm que haver sempre os que vivem mal. Desde sempre foi assim, os mecanismos da sociedade funcionam dessa forma por muito que custe encarar a questão de uma forma tão fria.

Gonçalo Avelar disse...

Caro Eduardo, já vimos que a tua "solução" é inviável, continuo a bater na mesma tecla, ou seja, Educação...
Se calhar todos nós tivemos alturas em que podíamos ter saltado para o outro lado da barricada, pelo menos eu poderia ter passado para o outro lado... Então porque não o fiz??? Talvez à estrutura que estava montada à minha volta, não só pais, como professores e outros... Com essas "tribos" talvez devesse existir uma reformar como deve ser...

Pornosopher disse...

Já actualizavas o blog,não? Ou esqueceste-te da password? LOL