terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Qualquer dia não nos deixam morrer!

Segundo a noticia do DN aqui, uma equipa da Universidade do Minesota conseguiu pôr a trabalhar um coração morto de rato, através da introdução de novas células cardíacas.

Claro que daqui a alguns anos, já conseguem fazer isso no Homem.

Depois de tantas inovações cientificas utilizadas na saúde, ainda faltando a aprovação da utilização de células estaminais entre outros...

Qualquer dia teremos de dizer e assinar: Queremos morrer, porra! Estou farto disto...

Um comentário:

Garfield & Bart disse...

Já havia o viagra que punha orgãos que todos julgavam mortos a funcionar e abafavam o coração, assim essa das células estaminais é boa para a malta se aguentar ao viagra.